top of page

10 Dicas para não ter bolhas no pé durante a trilha

Atualizado: 19 de mar.



Os pés são uma parte muito importante do nosso corpo durante as nossas caminhadas, seja uma simples trilha ou uma longa expedição precisamos dar a devida atenção e cuidados para eles.


É comum ver trilheirxs contando histórias de pés que tiveram bolhas durante as trilhas, impedindo ou limitando a boa experiência da pessoa. É por isso que destinar um tempo para aprender a cuidar melhor dessa parte do corpo que te sustenta é essencial.


Separei algumas dicas do que fazer ou não para evitar ao máximo as formações de bolhas durante as suas caminhadas. Vem comigo?


 

O que NÃO fazer para ter bolhas durante a trilha?


Depois que eu comecei a aplicar essas dicas na minha vida, nunca mais tive nenhuma bolha ou rompimento de pele. Já fiz uma expedição autossuficiente por 14 dias consecutivos de imersão na natureza e fui uma das poucas pessoas que não teve formação de bolha nos pés.



Cuidado com o banho!


Não tome banho quente antes da sua caminhada. O banho quente deixa a pele mais sensível e com maior chances de formação de bolhas. Eu prefiro tomar banho na noite anterior e após a atividade para não correr o risco.



Escolha sapatos adequados!


Evite utilizar calçados inapropriados para o seu objetivo. Minha preferência é utilizar botas, por diversos motivos, porém existem muitos modelos, para necessidades diferentes para cada atividade, assim como para cada pessoa. É importante você saber reconhecer isso para a sua situação. Lembrando! Tem desconto de botas aqui se você ainda não tem uma!



Teste o seu sapato antes de sair!


Utilize calçados adequados para o seu tamanho, não podem ser nem muito apertados/pequenos ou largos/grandes. Ideal que durante a compra (caso seja presencial) ou quando você receber o produto (caso seja compra online), você experimente e faça testes com movimentos que você faria em uma trilha, de preferência já com a meia que você geralmente utiliza para ir caminhar. Alguns exemplos: subir e descer rampas, fazer pisadas alternadas e com relevos, meia ponta, caminhar no plano e subir e descer escadas.



Escolha meias adequadas!


E por falar em meias, a utilização de meias adequadas faz muita diferença e é um ótimo investimento. Tanto na questão de ser sem costura ou costura diferenciada, material distinto, mais acolchoado em determinadas regiões e principalmente se for utilizar em diferentes climas.



Amarre seu cardaço!


Amarre seu cardaço adequadamente, isso irá evitar que seu pé fique delizando pelo calçado gerando fricção. Qualquer tipo de fricção deve ser evitado, inclusive caso você vá utilizar papetes.



Evite caminhar com pés úmidos e molhados!


Evite caminhar com o pé molhado seja por suor, porque acabou de sair da cachoeira ou da praia. Seque bem o pé antes de colocar a meia, pode levar umas toalhas bem pequenas para isso. Caso seja praia, recomendo passar água doce antes para retirar a areia e sal, ambos facilitam o processo de formação de bolhas.



Se atente com a sua alimentação!


Cuidado com a sua alimentação principalmente quando estiver próximo da sua atividade. Caso seu sangue fique muito ácido, também irá facilitar a formação de bolhas, prefira alimentos mais alcalinos. Nessa parte um nutricionista poderá informar qual a melhor alimentação para o seu caso. E se você não sabe o que comer antes, durante e depois da trilha, clique aqui que eu te explico!

Quer compartilhar essas dicas no Instagram? Clique aqui e assista o vídeo!


 

O que fazer se você tiver bolhas durante a trilha?


Proteja a região da bolha!


Se você já estiver desconfiado que vai dar bolha, algum machucado ou até que a unha pode vir a cair, proteja a região. Ninguém melhor do que você para saber onde tem mais atrito durante sua caminhada e o que acontece.



Massageie o seu pé!


Você pode fazer massagem nos seus pés antes de dormir (abra seus dedos) com algum mentol que ajuda no relaxamento da musculatura do pé. Isso ajuda muito principalmente em longas caminhadas e expedições onde se caminha muito e o pé fica a maior parte do tempo na bota. Fazer movimentos abrindo os dedos e fechando com as mãos ou somente com os pés. Acredite, faz muita diferença.


Mantenha seu pé limpo! Conheça seu melhor método de proteção para a pele!


Existem muitas técnicas para proteção quando se vai realizar uma expedição longa.

Um dica que funciona pra diversas pessoas e é mais econômica: Pé limpinho + vaselina ou algum óleo + meias sociais + talco + meia de trekking.


Além disso, você pode ir em um dermatologista e entender com ele se existe alguma outra solução para o seu caso. Agora, partiu aventura e sem bolhas!


 

Quer aproveitar e escolher uma bota nova para suas aventuras? Aproveite o Desconto SOULAVENTUREIRA nas botas da Ecosafety!




0 comentário

Comments


Quem escreve?

Fernanda Diva sorrindo sobre uma montanha de nevada

Fernanda Diva

Design sem nome (18).png

Sou montanhista, viajante, cientista, escoteira, nômade digital, criadora de conteúdo outdoor & fundadora da SOUL AVENTUREIRA. Falo aqui sobre trekking, camping, escalada, montanhas, cachoeiras, praias e muita informação sobre o universo outdoor. 
Acompanhe minhas aventuras
@soul.aventureira!

Aproveite os descontos!

Curso Vivências Outdoor

G0384793_1597165029915(1)_edited.jpg

Fique por dentro!

Seja avisado sobre novas aventuras! Prometo que você só vai receber conteúdo que vale a pena!

Obrigado(a) pela inscrição! Faça parte também da Comunidade Aventureira: clique aqui!

Informações, Equipos e Técnicas

1/3
bottom of page