top of page

5 Trilhas para conhecer na parte Alta do Parque Nacional de Itatiaia




Fundado em 1937, o Parque Nacional do Itatiaia é reconhecido como o primeiro Parque Nacional do Brasil. Situado na imponente Serra da Mantiqueira, abrange os municípios de Itatiaia e Resende, no estado do Rio de Janeiro, e Bocaina de Minas e Itamonte, em Minas Gerais.

Em seu ponto mais alto, o icônico Pico das Agulhas Negras, a altitude varia de 600 a 2.791 metros, oferecendo um cenário de montanhas majestosas e formações rochosas impressionantes.


Na área do Planalto do Itatiaia, também conhecida como Parte Alta, encontram-se extensos campos de altitude e vales suspensos, berço de diversos rios. Você pode encontra trilhas, escaladas, travessias e circuitos dos mais diversos níveis.


Na Parte Baixa, os visitantes são agraciados com uma exuberante vegetação, pontilhada por cursos d'água e áreas propícias para refrescantes banhos. Geralmente, são trilhas mais acessíveis e para todas as idades.


 

O que você vai encontrar neste post?


 

Agulhas Negras


O imponente Maciço das Agulhas Negras ergue-se como a principal elevação no planalto, atingindo incríveis 2.791 metros, tornando-se o ponto mais alto do Parque Nacional de Itatiaia e o 5º ponto mais alto do Brasil. Uma vez lá, os visitantes têm a opção de explorar apenas a base ou desafiar-se a alcançar o cume.


Com mais de 20 vias de escalada, oferecendo diferentes graus de dificuldade, as ascensões mais comuns incluem a “Pontão Ricardo Gonçalves” (CEC, 1957), a “Via Normal” (Horácio de Carvalho e José Borba, 1898) e a “Via Bira” (Gean, 1968), todas credenciadas para os condutores de escalada do parque. Para outras vias, é necessário contratar um condutor de escalada avançado. Recomenda-se seguir a “Via Normal”, que possui pelo menos dois lances de corda, e contratar um condutor de visitante para uma experiência segura.


NOME CUMES PNI AGULHAS NEGRAS

A trilha se desdobra em três etapas distintas: a primeira, leve e acessível, leva os caminhantes até a base da montanha em menos de uma hora, em terreno predominantemente plano. A segunda etapa é uma escalaminhada íngreme, frequentemente usando cordas para auxílio. Por fim, a terceira etapa envolve escalada entre rochas empilhadas e fendas, exigindo cautela constante devido aos riscos envolvidos.


A recompensa é uma vista espetacular do Vale do Paraíba, do Planalto Mineiro e do Maciço das Prateleiras. Após alcançar o falso cume, os montanhistas enfrentam um rapel de 15 metros para acessar uma pequena plataforma na agulha do cume, de onde é possível realizar a escalada final para atingir o verdadeiro cume das Agulhas Negras (opcional).


• Nível de dificuldade: Moderado na base / Difícil nos cumes (necessário equipamentos de segurança)

• Distância: 1,5 km do Abrigo Rebouças (Base Agulhas)

• Localização: Parte Alta



Prateleiras


A trilha até a base é moderada, não apresentando grandes dificuldades com cerca de 1.5km. O caminho da base ao topo, que é a segunda etapa, é entre as frestas apertadas, canaletas, paredes e abismos belíssimos. Uma particularidade do trajeto é a exigência de mais preparo psicológico do que físico. Porém, tudo gestionado por profissionais altamente qualificados e equipamentos de segurança sempre que possível.


NOME CUMES PNI PRATELEIRAS

O Maciço das Prateleiras está localizado em um local com vegetação de Campos de Altitude. Formado por blocos de rocha imponentes, o seu cume está a mais de 2.500 metros de altitude, proporcionando uma vista deslumbrante do Vale do Paraíba. Em seus arredores, é possível encontrar ainda a Pedra da Maçã, a Pedra da Tartaruga e a Pedra Assentada.


• Nível de dificuldade: Moderado na base / Difícil no cume (necessário equipamentos de segurança)

• Distância: 2,5 km do Abrigo Rebouças (Base Prateleiras)

• Localização: Parte Alta



Pedra do Couto


Com essa caminhada especial, você terá uma vista exclusiva da Serra da Mantiqueira e do Vale do Paraíba. A trilha também é utilizada como trecho inicial do Circuito Couto-Prateleiras.



• Nível de dificuldade: Moderada

• Distância: 3 km, a partir do Posto Marcão

• Localização: Parte Alta


Mais informações no vídeo abaixo:



Pedra do Altar


11º ponto mais alto do Brasil com 2665m, sendo uma ótima opção para passeio em família, pode se avistar 360º o parque.


NOME CUMES PNI PEDRA DO ALTAR

• Nível de dificuldade: Moderada

• Distância: 3 km do Abrigo Rebouças

• Localização: Parte Alta


Mais informações no vídeo abaixo :



Circuito dos 5 lagos


Um percurso total de 12 km, saindo próximo ao Posto Marcão e chegando até o Abrigo Rebouças. O passeio contempla os lagos e também a cachoeira cinco lagos que se forma pelo escoamento de um dos lagos. O ponto culminante do circuito é na Pedra do Altar com 2.665 metros de altitude, consegue avistar o Pico das Agulhas Negras, Asas de Hermes e belíssimas paisagens pelo caminho.


• Nível de dificuldade: Moderada

• Distância: 200 metros do Posto Marcão

• Localização: Parte Alta


Mais informações no vídeo acima.


Cachoeiras parte baixa


A Piscina Natural do Maromba oferece um ambiente tranquilo para um mergulho, acessível por uma escadaria após a ponte. A Cachoeira Itaporani encanta os visitantes ao final de uma trilha pela mata, enquanto a deslumbrante Cachoeira Véu da Noiva é acessível por uma trilha a partir da ponte do Complexo do Maromba. Outros destinos na região incluem o Lago Azul, ideal para famílias, o Poço Espelho do Céu, para momentos serenos em família, e a Cachoeira Itupi, que revela a beleza das águas do Rio Campo Belo ao longo de uma trilha pitoresca. Esses pontos, de fácil acesso, proporcionam uma experiência única aos visitantes do parque.


Mais informações no vídeo abaixo:



🔗 Links que podem te ajudar:


No atual momento (2024), é necessário comprar o ingresso para entrada no PNI.



1 comentário

1 Comment


ótimo post!! super completo!! parabéns

Like

Quem escreve?

Fernanda Diva sorrindo sobre uma montanha de nevada

Fernanda Diva

Design sem nome (18).png

Sou montanhista, viajante, cientista, escoteira, nômade digital, criadora de conteúdo outdoor & fundadora da SOUL AVENTUREIRA. Falo aqui sobre trekking, camping, escalada, montanhas, cachoeiras, praias e muita informação sobre o universo outdoor. 
Acompanhe minhas aventuras
@soul.aventureira!

Aproveite os descontos!

Curso Vivências Outdoor

G0384793_1597165029915(1)_edited.jpg

Fique por dentro!

Seja avisado sobre novas aventuras! Prometo que você só vai receber conteúdo que vale a pena!

Obrigado(a) pela inscrição! Faça parte também da Comunidade Aventureira: clique aqui!

Informações, Equipos e Técnicas

1/3
bottom of page