top of page

Viagem para o Alasca: Tudo que você precisa saber

Atualizado: 12 de jan.


Viagem para o Alasca: o que fazer e o que saber antes de ir?

Se você está em busca de destinos incríveis e experiências únicas, coloque o Alasca como opção para embarcar em uma jornada fascinante. Conhecido como "A Última Fronteira", é um destino de viagem verdadeiramente único. Com sua vasta extensão de paisagens intocadas, vida selvagem exuberante e uma cultura rica, o Alasca oferece uma experiência inesquecível para os viajantes que procuram aventura e beleza natural.


O Alasca é o maior estado dos Estados Unidos e fica localizado a noroeste do Canadá. A maior parte da população vive ao sul, devido ao clima menos rigoroso, porém cada canto do Alasca vai te oferecer algo surpreendente. Mesmo sendo o maior estado, é também o menos povoado do país.

Lar de diversos parques nacionais, com o Parque Nacional e Reserva de Denali sendo o mais conhecido por abrigar o Monte Denali, o pico mais alto da América do Norte, com 6.190m de altitude. O Alasca oferece uma enorme diversidade, com espaços abertos, montanhas, florestas, glaciares e, acima de tudo, paisagens completamente distintas durante as estações do ano.


Se você está planejando uma viagem para o Alasca esse post é para você! Aqui vou compartilhar TUDO que você precisa saber para se planejar para conhecer o maior estado dos Estados Unidos. Vem comigo?


 

O que você vai encontrar neste post?


 

Qual é a melhor época para visitar o Alasca?


Depende do que você deseja fazer, é necessário ter uma ideia das experiências que você pretende vivenciar antes de começar a planejar sua viagem. Além disso, é importante compreender o seu nível de investimento disponível. Mas o que exatamente isso significa?

O verão é a época mais cara para visitar o Alasca, pois é considerada alta temporada para as atividades ao ar livre. É importante ter uma ideia de quando você pretende ir ao Alasca. O clima no Alasca é variado, no inverno as temperaturas são extremamente frias, e a maioria dos visitantes prefere viajar durante os meses de verão, de maio a setembro, quando as temperaturas são mais amenas e as atividades ao ar livre estão em vigor. No entanto, se você estiver interessado em ver a aurora boreal, o período de inverno é mais recomendado.


⚠ Não se esqueça de fazer seu seguro viagem.


Verão: de junho a setembro


É a alta temporada no Alasca, o que significa que os preços são mais altos e as reservas devem ser feitas com antecedência. Nesse período, os dias são mais longos, com uma média de 19 horas de sol por dia. Em certas regiões, ocorre o fenômeno conhecido como sol da meia-noite ou dia polar, quando a região tem luz solar 24 horas por dia durante mais de dois meses nos períodos mais quentes do ano. Essa é uma ótima oportunidade para aproveitar ao máximo as viagens, mas você já imaginou como é viver nesses extremos? Durante essa época, as temperaturas são relativamente amenas, variando de 14 a 22ºC. É o momento perfeito para se aventurar em trilhas, escaladas, montanhismo, rafting, caiaque e desfrutar de tudo o que a região tem a oferecer.



Inverno: de dezembro a março.


Essa é a segunda época mais procurada no Alasca, mas por motivos diferentes. Durante esse período, ocorre o extremo oposto: as noites são muito longas e a luz do sol quase não é vista, resultando na chamada noite polar. É o momento em que tanto os animais quanto os seres humanos entram em um período de hibernação. O Alasca fica literalmente coberto de neve e as temperaturas podem chegar a -30ºC, dependendo da região.


Se você planeja visitar durante essa época, é importante considerar algumas questões, como estradas, parques e estabelecimentos comerciais fechados. No entanto, essa é também a época ideal para realizar atividades de inverno, como esqui, escalada em gelo, trilhas de cross country, snowboard e, é claro, observar a belíssima Aurora Boreal.



Primavera e Outono:


Os meses entre os extremos são considerados as baixas temporadas no Alasca, quando tudo é mais tranquilo e os preços são mais baixos. Essa é a época em que nem é perfeita para ver a Aurora Boreal nem para realizar escaladas, mas ainda é possível ter a sorte de avistá-la e aproveitar algumas atividades. É uma oportunidade para desfrutar de uma experiência mais tranquila e contemplativa. Muitas pessoas optam por visitar durante esses meses e, posteriormente, planejam voltar durante o verão para aproveitar ao máximo as atividades outdoor.



Como chegar no Alasca?


A maioria dos visitantes chega ao Alasca de avião, voando para o Aeroporto Internacional de Anchorage (ANC), que é o maior e mais movimentado aeroporto do estado. De lá, você pode pegar voos domésticos ou usar outros meios de transporte para chegar a diferentes regiões do Alasca.



Como se locomover no Alasca?


No Alasca, existem várias opções de transporte para se locomover, dependendo da região e das suas necessidades. Aqui estão algumas das principais formas de se deslocar pelo estado:


1. Carro:


Se você está planejando explorar áreas mais acessíveis e deseja ter mais liberdade de movimento, alugar um carro pode ser uma boa opção. No entanto, é importante lembrar que as estradas no Alasca podem ser desafiadoras, especialmente durante o inverno. Certifique-se de estar preparado e tenha cuidado ao dirigir nessas condições.


2. Ônibus:


Algumas áreas do Alasca são atendidas por serviços de ônibus, especialmente nas áreas mais urbanizadas. Essa pode ser uma opção mais econômica, mas a disponibilidade e os horários dos ônibus podem variar.


3. Avião:


O avião é frequentemente utilizado para percorrer grandes distâncias no Alasca, especialmente entre as cidades e vilarejos remotos. Existem várias companhias aéreas que operam voos regionais e oferecem serviços de transporte aéreo.


4. Balsa:


A Balsa do Alasca (Alaska Marine Highway) é um sistema de transporte marítimo que conecta várias comunidades costeiras do estado. É uma opção popular para viajar entre ilhas e ao longo da costa, proporcionando belas paisagens ao longo do caminho.


5. Trem:


O Alasca Railroad oferece uma opção cênica para se locomover pelo estado. O trem percorre uma rota panorâmica, passando por belas paisagens montanhosas e lagos. É uma ótima maneira de explorar o interior do Alasca e desfrutar da natureza.



É importante lembrar que o Alasca é um estado vasto e de terrenos variados, com regiões remotas e desafiadoras. Planeje sua viagem com antecedência, verifique as opções de transporte disponíveis para a área que deseja visitar e esteja preparado para as condições e desafios específicos do Alasca, especialmente durante o inverno.


Minha recomendação pessoal é tenha um carro e possua ótimas habilidades de direção ao visitar o Alasca. Embora as estradas sejam lindas e em ótimo estado, as distâncias entre os lugares são consideráveis, o que frequentemente resulta em longas viagens solo. Além disso, se você visitar durante o período de neve, é fundamental saber dirigir nessas condições, pois a presença de black ice (gelo negro) pode representar um perigo significativo. É crucial reconhecer e saber lidar com essa condição para evitar acidentes graves.


Ao comparar com outros estados, tanto o Alasca quanto o Havaí são conhecidos por serem mais caros em diversos aspectos. No entanto, alugar um carro é essencial, uma vez que os ônibus não abrangem muitos destinos desejados. Recomendo, nesse caso, viajar acompanhado para dividir os custos, mas também é possível ter essa experiência sozinho.



O que fazer no Alasca?


Agora que você já decidiu quando ir, será mais fácil planejar o que fazer. Eu estive no Alasca em 6 dias e essas são as recomendações com base nas minhas próprias experiências no Alasca.




Explore a deslumbrante paisagem costeira do parque, repleta de fiordes, montanhas majestosas e vida selvagem diversificada. Faça caminhadas pelas trilhas, faça um passeio de barco para avistar baleias e observe animais selvagens.





Visite o espetacular glaciar Matanuska e caminhe sobre o gelo maciço. Explore as cavernas de gelo e desfrute de vistas deslumbrantes dos picos nevados ao redor.





Se você é fã do livro ou do filme "Na Natureza Selvagem", faça uma viagem para conhecer o ônibus onde Christopher McCandless viveu. Explore a área e reflita sobre essa história inspiradora.





Em Fairbanks, há diversas maneiras de ver a Aurora Boreal e é possível tentar vê-la todas as noites. Durante minha viagem, tive a sorte de presenciar a Aurora Boreal três vezes.





Aventure-se até a incrível caverna de gelo do Glaciar Castner. Explore os túneis de gelo azul e maravilhe-se com essa beleza natural única e surreal.




Relaxe e aproveite as águas termais naturais em Chena Hot Springs. Mergulhe nas piscinas quentes e desfrute de uma experiência revigorante.





Aproveite as trilhas de ski cross country no Alasca. Deslize pela paisagem nevada enquanto aprecia a natureza incrível ao seu redor.





Faça uma viagem panorâmica de carro de Fairbanks até Anchorage. Desfrute das vistas deslumbrantes das montanhas, lagos e florestas ao longo do trajeto e faça paradas para explorar as áreas interessantes ao longo do caminho.



Lembre-se de que essas sugestões são apenas algumas das muitas opções disponíveis. Personalize seu roteiro de acordo com seus interesses e desejos, e aproveite ao máximo sua viagem pelo Alasca!



O que levar para uma viagem no Alasca?


Ao fazer as malas para o Alasca, certifique-se de incluir roupas adequadas para o clima. Mesmo no verão, as temperaturas podem variar, então vista-se em camadas e leve jaquetas, roupas impermeáveis e luvas. Óculos de sol e protetor solar também são essenciais.


Se você estiver planejando atividades ao ar livre, como caminhadas ou passeios de barco, não se esqueça de levar calçados confortáveis e adequados para cada atividade.


Tem CUPONS DE DESCONTOS no blog para roupas, equipamentos e botas para atividades outdoor. Clique aqui e aproveite!



Documentação e vistos


Certifique-se de verificar os requisitos de visto e documentação antes de viajar para o Alasca. Se você for um viajante internacional, verifique as informações atualizadas sobre vistos.



Dicas de segurança


Embora o Alasca seja um destino incrível, é importante tomar algumas precauções. Esteja atento à vida selvagem e mantenha uma distância segura dos animais. Esteja preparado para mudanças climáticas rápidas e inesperadas e esteja ciente dos riscos associados a atividades ao ar livre, como caminhadas e caiaque. É sempre recomendável viajar com um guia experiente, especialmente em áreas remotas.


O Wise é uma plataforma de transferência de dinheiro internacional que oferece uma maneira conveniente e econômica de enviar e receber dinheiro em diferentes moedas. Se inscreva agora na Wise e ganhe R$80.


 

Agora que você já sabe tudo sobre a viagem para o Alasca, prepare-se para uma aventura inesquecível nesta terra de maravilhas naturais e cultura fascinante!



0 comentário

Comments


Quem escreve?

Fernanda Diva sorrindo sobre uma montanha de nevada

Fernanda Diva

Design sem nome (18).png

Sou montanhista, viajante, cientista, escoteira, nômade digital, criadora de conteúdo outdoor & fundadora da SOUL AVENTUREIRA. Falo aqui sobre trekking, camping, escalada, montanhas, cachoeiras, praias e muita informação sobre o universo outdoor. 
Acompanhe minhas aventuras
@soul.aventureira!

Aproveite os descontos!

Curso Vivências Outdoor

G0384793_1597165029915(1)_edited.jpg

Fique por dentro!

Seja avisado sobre novas aventuras! Prometo que você só vai receber conteúdo que vale a pena!

Obrigado(a) pela inscrição! Faça parte também da Comunidade Aventureira: clique aqui!

Informações, Equipos e Técnicas

1/3